Buscar
  • Claudio Girardi

Por que você não faz shows?

Atualizado: 17 de Mar de 2019



Ter uma agenda de shows consistente e rentável é o sonho de todo artista, mas porque a maioria não consegue isso, ou fica patinando por anos no mesmo lugar sem conseguir aumentar o número de shows e na maior parte do tempo tocando por quase nada ou absolutamente por nenhum dinheiro e com a sensação de que o seu dia vai chegar, mas nunca chega para 99% dos artistas?


Acho importante responder algumas afirmações que são comum entre os artistas novos e até mesmo os mais experientes:


Os contratantes só favorecem os artistas da panelinha


Não existe artista caro ou barato, existe artista que dá lucro e artista que dá prejuízo, qual deles é você?


A cena morreu, ninguém mais ouve o estilo X de música


Sinto te informar que é você que não sabe onde o seu público está, artistas que usam este tipo de afirmação se forem indagados com a simples pergunta:

Onde está localizado geograficamente o seu fã?



A maioria tenderá a responder que não tem muita certeza ou que o estilo dele as pessoas não querem mais ouvir porque agora no rádio e na TV só toca o estilo X, Y e Z de música, ou seja não tem a menor noção de quem é o seu público e muito menos aonde eles estão, mas possuem uma desculpa bem conhecida.


Você afirmar que o Rock morreu é fácil, mas te pergunto: como é que o The Who, o Stones continuam fazendo shows e para grandes públicos se o Rock morreu? Um dos maiores eventos de música que acontece a cada 2 anos no Brasil é de Rock.

Ok você vai me dizer, eles são famosos mundialmente, e eu posso te responder: eles continuam na ativa porque eles são artistas que dão Lucro, por isso agenda deles é concorrida.


O principal motivo para você não estar conseguindo fazer shows é que você não possui uma base de fãs.


Artista que não tem base de fãs não dá lucro



Vamos ao seguinte cenário: você é dono de uma casa noturna, qual é o seu maior objetivo? Ter lucro, e não é somente pagar as suas contas, aluguel, salários, contador, fornecedores de bebidas, comida, artistas e etc, você precisa ter lucro no seu negócio para poder reinvestir, ampliar e quem sabe um dia se aposentar também. Então a sua casa noturna precisa ter pessoas pagando ingressos, consumindo bebida, comida para gerar a receita necessária para manter o negócio funcionando e gerando lucro . E se você é o tal empresário, que tipo de artista que você pagaria para tocar na sua casa?

O artista que tem "público", é este artista que vai fazer o seu negócio ter lucro!


Ter uma base de fãs é fundamental para ter uma agenda de shows


Outro fator que é muito perturbador, é de que a maioria dos artistas que reclamam que não conseguem fazer shows não se dão conta de que o show deles não é bom.


Você precisa apresentar muito bem o seu trabalho


Muitos artistas perdem ótimas oportunidades de vender bem o seu peixe por não estarem bem preparados, e na maioria das vezes perdem boas oportunidades sem se darem conta disso, justamente por não estarem preparados para as oportunidades.

As vezes simplesmente por não ter o show ensaiado, não terem um material de vídeo, biografia, release, fotos de qualidade, pois as oportunidades não te avisam quando irão aparecer, você é que tem que estar preparado para quando elas aparecerem para não as perder.

Se você é desleixado com o seu show, não está preparado, erra durante a música, canta desafinado, entra no palco bêbado, fala besteira no microfone, provavelmente nem sabe que está fechado as portas para a sua tão sonhada agenda de shows.


Seu show é um produto



Como você quer ter uma agenda de shows lotada se o que você entrega é ruim? Provavelmente não deve ter notado mas você está trabalhando na indústria do entretenimento, e entreter pessoas não é uma tarefa fácil, reter a atenção delas com todas as distrações que o mundo moderno oferece, deixa as coisas mais difíceis ainda. Seu show é um produto e como todo produto precisa ter uma embalagem e um conteúdo que satisfaça as expectativas dos clientes, e no seu caso a coisa é um pouco mais complicada, você possui 2 clientes com expectativas totalmente diferentes, de um lado você tem o contratante que espera que você dê lucro e do outro lado você tem um público que quer ter uma experiência única e memorável , pois eles pagaram para se entreterem, se divertir e justificar para os amigos e família porque gastaram tanto dinheiro com isso, caso contrário eles sairão insatisfeitos com o dono da casa noturna que contratou uma péssima atração e com a sensação de que foram enganados, já se sentiu assim? Você já deve ter pago um couvert artístico em uma casa onde o som era ruim, o cantor era ruim, a banda ainda pior, mas no final da noite você teve que pagar o couvert artístico, e ficou com o sentimento de que foi roubado e com a vontade de nunca mais voltar naquela casa noturna porque eles embolsam um couvert artístico te oferecendo uma péssima atração musical, e com vontade de alertar todos os seus amigos para não irem naquele lugar porque eles roubam as pessoas, já se sentiu assim?

Se você já se sentiu assim, então porque você não cuida do seu show como um produto de entretenimento?


Você não tem material de venda adequado



Se você vai vender um produto precisa de um material de apresentação, no seu caso é provável que não tenha material suficiente ou com baixa qualidade, afinal você está concorrendo com os grandes, então se posicione direito dentro do mercado. Neste momento é que as coisas começam a ficar difíceis, pois você começa a se dar conta de que está concorrendo com produtos mais elaborados e estabilizados no mercado, que já possuem clientes que sabem quais são os produtos que dão lucro e quais os que dão prejuízo, e não tem nada mais difícil para um contratante ter que arriscar em um produto que ele não tem certeza se dará certo, se o que estão tentando lhe vender é exatamente o que será entregue.

Então seu produto é um show, e precisa ser tratado como tal do início ao fim e começa no material de apresentação de vendas que deve conter informações como: sua biografia, que tipo de som você toca, quem é o seu público, qual a média de pessoas que assistem o seu show, fotos dos seus shows, videos para mostrar que o que você está vendendo no papel é exatamente o que você irá entregar no estabelecimento onde você prestará seu serviço de entretenimento.


Obs: se você não tem todas as informações precisas, não minta, seja honesto pois o mercado se conversa.

Vá incluindo as informações conforme você tiver os resultados positivos que possam ser validados pelos clientes.


Você não é a opção certa para o público que está querendo atingir


Se você tem recebido muitos não, está na hora de verificar se o teu som tem a ver com o que os contratantes estão comprando, talvez você esteja batendo nas portas erradas querendo vender sua banda de rock para as casas que tocam funk, pagode e samba. O seu público não está nestes locais, provavelmente está nas casas que só tocam este estilo, ou eventos onde este estilo e ou comportamento é predominante, como encontro de motociclistas, competições de esportes radicais, festivais do gênero, você precisa entender quem precisa da sua música e onde eles estão..


Não sabe por onde começar


Provavelmente agora você deve estar sentindo que você não pode e não sabe por onde começar. Uma das maiores barreiras que encontramos somos nós mesmos, e tudo começa nos nossos pensamentos, e muitas vezes nos deixamos influenciar pelos pensamentos dos outros, principalmente quando ouvimos amigos e parentes nos falarem que viver de música é um sonho, mas se você deixar os pensamentos negativos de lado e se concentrar no objetivo, as coisas irão mudar com certeza, porque você vai buscar soluções para atingir o seu objetivo e vai detectar quais são os problemas que precisam ser solucionados para você atingir os seus objetivos.


Gostou? Se inscreva na minha lista






#zooparky #claudiogirardi #childrensmusic #musicbusiness #musicameumundo #subversivo




10 visualizações

©2018 by Claudio Girardi