Buscar
  • Claudio Girardi

Ansiedade: como ela pode acabar com a sua carreira musical

Atualizado: 17 de Mar de 2019

A ansiedade é um grande inimigo invisível que pode realmente declinar a sua carreira musical e em muitos casos, até mesmo acabar com ela sem mesmo ter começado! Muitos músicos e artistas enfrentam este mal que também pega profissionais de outras áreas, como advogados, dentistas, médicos, administradores de empresas, engenheiros e por aí vai. A falta de experiência faz com que artistas tomem decisões erradas guiados pela ansiedade. Um exemplo clássico dentro do nosso mercado é quando o artista na empolgação de querer mostrar para todo mundo aquela música que ele acabou de gravar, sobe na internet uma versão inacabada, ou pior ainda, com baixíssima qualidade, mas pode piorar ainda mais. Na mesma empolgação ele pode colocar uma gravação com o andamento da bateria duvidoso e o vocal desafinado! Você já deve ter ouvido um ditado: a primeira impressão é a que fica… É justamente neste momento que artistas iniciantes colocam tudo a perder na sua carreira, a primeira impressão da sua música fatalmente irá derrubar tudo o que você construiu até o momento, você acaba de passar uma primeira impressão de “Amador”. Imagine que um diretor artístico daquela casa de shows que você tanto queria tocar está seguindo seu perfil nas redes sociais e se depara com um material amador da sua banda ou do seu trabalho, com o andamento duvidoso, a mixagem duvidosa, o vocal desafinado, a música sem um acabamento mínimo aceitável do mercado, qual será a impressão que ele terá do seu trabalho? Amador! Não está a altura da minha casa de shows, pronto você acabou de fechar uma porta com um possível contratante, e pior de tudo você, nem sabe que fez isso e vai começar a se perguntar: Porquê não consigo os melhores lugares para tocar? Porque sempre tenho que tocar de graça para poder conseguir um lugar para tocar, e sempre são com muita dificuldade que eu consigo os piores lugares e as piores ofertas para o meu trabalho e minha banda. Toda vez que aquele contratante receber o seu material virá na cabeça dele a primeira impressão que ele teve de você e do seu trabalho: “Amador” e muito provavelmente ele nem irá ouvir ou considerar o seu material pois ele já registrou na mente dele que você é “Amador”. Quantas portas você pode fechar com um simples ato destes? Aprenda a ter um filtro em tudo o que você vai colocar a disposição do público, seja honesto com você mesmo e faça sempre as duas perguntas mágicas: A primeira é: “O maior artista do meu segmento colocaria essa mixagem no perfil dele nas redes sociais, ele deixaria que o público dele tivesse acesso a este material?” A segunda é: “Quanto eu pagaria para assistir esse artista ou essa banda?” Respondeu? Provavelmente você vai responder, ah eu acho que ele postaria e eu acho que pagaria… Não ache, tenha certeza! Vá nos perfis sociais dos grandes artistas do seu segmento e compare honestamente se o seu material tem qualidade para concorrer de igual para igual, se você não tiver certeza então é um bom momento para segurar a sua ansiedade e não colocar a disposição do seu publico. Na dúvida, não faça! Não é somente das gravações que estamos falando, mas da sua imagem, das suas fotos, tenha um filtro em tudo o que você coloca a disposição nas redes sociais. A equação é simples: quanto menor a qualidade do seu material, menores serão as oportunidades para você. NesteMercado o ditado: “é melhor o feito do que o perfeito”, realmente não se aplica! Venha entender muito mais sobre music business no curso O Negócio da Música Não é Sorte É Preparação



#musicbusiness #zooparky #childrensmusic



#zooparky #claudiogirardi #childrensmusic #musicbusiness #musicameumundo #subversivo


0 visualização

©2018 by Claudio Girardi